Home » » AMANTE do BLOG TRANPONDO_NUS

AMANTE do BLOG TRANPONDO_NUS

AppId is over the quota
AppId is over the quota
type='html'>

Amante, a goianiense dona do Blog transpondo_nus, no ar desde 2010, se define como sensual, cética, agnóstica, aberta as inovações e idéias, amante ardorosa, companheira, cúmplice...O Blog surgiu "porque necessito expor esse lado tão delicioso da vida que é a nossa sexualidade. Por isso o título Transpondo_nus, para transpor sentimentos, tesão, barreiras e idéias, ir além etc..."



LEO: A Amante mexe com o imaginario dos seus leitores...Você recebe muitas “cantadas”, convites, propostas indecentes?
Amante: Recebo muitas cantadas elegantemente insinuantes, pedido de e-mail, alguns oferecem seus e-mails nos comentários, mas, delicadamente eu recuso ou não dou resposta quanto ao seguimento. Mas, tenho algumas amizades que fiz através do blog. Porém, uma proposta indecente é sempre bom, dependendo da forma como ela é feita, sem ferir minha dignidade ou que venha a imaginar porque tenho um blog onde falo sobre sexo contando na maioria das vezes as minhas experiências, imaginam que eu esteja disponível para eles. Não é bem assim.

LEO: Vamos apimentar isso! E o contato com os blogueiros. Estou falando de contato direto... traduzindo já rolou algo, Alguma “interação” diferente, uma fusão de blogues?
Amante: Nunca rolou mais do que alguns bate-papos bem apimentados com a web cam aberta (preservo meu rosto) quando me mostro com um generoso decote, ou deixo a mostra minhas pernas, a calcinha, apesar de que alguns esperam algo mais do que isso, e por incrível que pareça eu sou um pouco tímida e ainda não me adaptei as formas virtuais de relacionamentos. Nada contra, mas eu prefiro o toque pessoal da emoção do momento, do sexo corpo a corpo do olho no olho, do calor dos corpos e do cheiro dos ferormônios.

LEO: E as fantasias e formas de sexo como swing?
Amante: Já realizei muitas fantasias porque não sou de guardar vontade nenhuma, eu vou e faço o que desejo. Já fui com dois homens e também fui eu e uma amiga com um homem delicioso. Todas as experiências foram maravilhosas.
Com os dois homens eu fui tratada como uma rainha, eles eram meus amigos, estávamos num restaurante jantando e tomando vinho quando pintou um clima entre nós devido um assunto relacionado nessa direção e um deles me perguntou se eu iria pra cama com dois homens e eu disse que talvez e nossas pernas começaram a roçar discretamente por baixo da mesa, mais tarde houve um convite quase que direto e eu disse: porque não? Eles eram muito atraentes, tive tesão pelos dois e de lá rumamos para um motel. Hummm coisa boa! Essa experiência está nesta postagem: Três na cama .
Com o homem e minha amiga o tratamos como Eros, o Deus do Amor e fomos muito bem realizadas, mas nós duas não nos tocamos.
Uma vez em férias do Rio, um conhecido amigo e muito ”puteiro”, juntou uma turminha (goianas) de 5 mulheres no seu apto e todas nós fizemos uma grande festa, uma surubinha e quando nós começamos a formar duplas separadas (numa só cama) para transar, ele ficou a observar encantado e morto de tesão sem saber escolher qual de nós ele queria comer. Ele deitava e rolava entre nós, lambendo, beijando, chupando e nós competíamos seu corpo entre beijos, lambidas, pegadas e chupávamos seu delicioso pau moreno. Ele transou com todas nós, deve ter gozado uma 3 vezes e terminou a noite com uma de nós.

LEO: Algumas mulheres têm medo de dizer o que querem, tipo me come assim, me chupa ali...e você é pidona? Tem aquela coisa de não me toque, tipo - ai não?
Amante: Na hora da transa pode rolar aquele desejo e gosto de insinuar com gestos alguma preferência para poder orientá-lo no percurso porque nem sempre ele é obrigado a saber, visto que cada mulher é única. Um anal é tudo de bom quando com alguém que não seja estúpido. Gozar na boca tudo bem e adoro, mas, engolir esperma eu nunca consegui.



"Um anal é tudo de bom quando com alguém que não seja estúpido"




LEO: As mulheres reclamam de alguns caras, dizem q eles trepam mal... O que te broxa no sexo?
Amante: Depende muito do homem. Existem alguns (raros) que são limitados, mas a maioria são uns furacões na cama.
O que me broxa é um parceiro sem experiência no trato com a mulher, aquele que não tem interesse em crescer com ela “na cama” ( além do seu pinto) que se preocupa mais em mostrar sua capacidade fálica e espera que ela faça de tudo como se fosse uma máquina, que cavalgue nele a noite toda enquanto ele fica confortavelmente na sua, que o chupe até seu gozo, mas, não faz sexo oral na mulher.

LEO: Uma fantasia
Amante: Minhas fantasias surgem no momento da transa e todas que me surgiram eu as realizei com êxito e ainda realizo.

LEO: Uma boa trepada
Amante: Aquela quando a química e a tesão nos leva a explorar caminhos, descobrir sensações Aquela com sexo oral pleno fulminando com meu orgasmo. E depois... aquela com gozos plenos para ambos. Gozo “verdadeiro”, realizador com um homem muito tesudo e sabedor da anatomia genital feminina.

LEO: Um lugar ideal pra trepar
Amante: Uma grande e acolhedora cama


LEO: Sexo Tem limites?
Amante: Toda pessoa tem seus limites, e não sou adepta a agressões físicas para o romper do meu orgasmo, mas, nada impede de querer dar ou receber umas boas palmadas na bunda ou na cara... Gosto de sentir a força do homem em sua firmeza, gosto de uma certa dominação dele sobre mim – a do macho, mas, nada de BDSM, perversão, algumas parafilias, práticas que envolve a sevícia, asfixiofilia (da morte de David Carradine) ou outras patologias, porque não tenho meu prazer associado com a dor como em algumas práticas de auto-flagelo e, não me venha dizer que isso é uma forma de "sexo arte". Mas, quanto as preferências e gostos, cada um tem suas peculiaridades, isto é, que cada um curte o que gosta.
 
Support : Copyright © 2015. big tits butts - All Rights Reserved